Skip to content Skip to footer

Uma coisa todos podemos concordar: o sonho da maioria dos jovens paulistanos é morar no centro. Principalmente daqueles que trabalham com arte. O centro de São Paulo é repleto de histórias, vivências, música e todo tipo de gente, junto e misturado. O que não falta é rolê cultural para enriquecer a mente e a alma. Por isso que essa região é tão amada pelas gerações mais novas.

A Santa Cecília é a representação disso; um bairro jovem, que está em crescimento, com ruas arborizadas, mistura de arquitetura antiga com a nova, além de ser um grande polo gastronômico, que mistura pratos de diversas culturas. Venha conhecer esse bairro com a Livar!

Mobilidade e Transporte

Por estar localizado na região do centro, a Santa Cecília é ótima para mobilidade. Vizinho de Campos Elíseos, Barra Funda e Higienópolis, o bairro possui a maior parte do famoso Minhocão, e tem saída para a Rua da Consolação, Pacaembu, São João e Avenida Angélica. Além disso, é atendido pela Linha 3-Vermelha do metrô, pelas estações Marechal Deodoro e Santa Cecília, e pela Linha-8 Diamante da CPTM.

Curiosidades

O bairro abrigou as casas noturnas da “Rainha da Noite Paulista”, Lilian Gonçalves. Filha do cantor e compositor Nelson Gonçalves, ela começou a construir o seu patrimônio na Rua Canuto do Val, aos 17 anos. Dona da grande Rede Biroska, Lilian se consagrou como a rainha da noitada nos anos 90, e garantiu muita diversão e confusão para a Santa Cecília.

Educação

A Santa Cecília está muito bem localizada para os estudantes. O distrito conta com o Colégio Mackenzie, uma das escolas mais conhecidas de São Paulo. Outro ponto positivo é a proximidade com as faculdades Mackenzie, FAAP e PUC. Além disso, abriga diversas instituições de ensino, por exemplo, o SENAI.

Lazer

Por ser um bairro considerado jovem, a Santa Cecília está repleta de rolês culturais. Os Santa Ceciliers (como foi apelidado os moradores), trouxeram bastante influência do MPB e de culturas de outros países para os comércios locais, como por exemplo, no Caracol Bar.

Aliás, outra opção de passeio favorita dos moradores é a Feira Livre no Largo da Santa Cecília, que acontece aos domingos, e o Minhocão, que se tornou uma opção para pegar sol e fica aberto para pedestres durante os finais de semana, das 7h até as 22h.

O bairro também conta com o Shopping Pátio Higienópolis, e o Parque Buenos Aires. Sem contar os inúmeros bares e restaurantes que trazem refeições de diversos países.

História do Bairro

Até 1860, o bairro era formado por chácaras, até que os moradores pediram licença para a prefeitura para construir um templo para Santa Cecília, padroeira dos músicos. Os terrenos, então, passaram a ser loteados. Entretanto, um desses lotes foi arrematado pelo filho do marquês de Itu, Francisco Aguiar de Barros, casado com Maria Angélica de Sousa Queirós de Barros, que mais tarde, ganhou uma avenida em sua homenagem, a Avenida Angélica.

Certamente, é um ótimo lugar para quem gosta de estar perto de tudo — incluindo outras culturas. Então, se você ficou apaixonado pelo bairro de Santa Cecília e já se imaginou morando por ali, a Livar pode te ajudar!

Mostrar comentáriosClose Comments

90 Comentário

Deixe um comentário